Underground e mainstream do campo literário nacional em O Popular, de Floriano
UNDERGROUND E MAINSTREAM DO CAMPO LITERÁRIO NACIONAL EM O POPULAR, DE FLORIANO

Palavras-chave

Underground
Mainstream
literatura e imprensa
Piauí

Resumo

Ao definir como objeto de estudo o jornal O Popular, da cidade de Floriano, no Piauí, entre os anos de 1918 e 1921, este artigo investiga, de um ponto de vista deslocado do eixo Rio-São Paulo, as mensurações valorativas que permearam o campo literário nacional. Identificam-se a mecânica da anteposição underground-mainstream e, a partir dela, os horizontes de leitura que estavam por trás dos articuladores da referida folha de imprensa, em especial de seu editor, Daniel Paz, poeta teresinense que acumulou a função jornalística com a de juiz de direito no período e no espaço estudados. Parte-se do entendimento de que os referidos termos-problema devem ser avaliados a partir de critérios distintos, mas não isolados. Nesse sentido, enquadramentos em subvalorização e em sobrevalorização de escritores e de obras se mostraram relacionados, muitas vezes, a posições geográficas, infraestrutura e vínculos de ordem material e/ou simbólica.

UNDERGROUND E MAINSTREAM DO CAMPO LITERÁRIO NACIONAL EM O POPULAR, DE FLORIANO